Vocês que querem que Deus os aceite porque obedecem à lei estão separados de Cristo e não têm a graça de Deus
(Gálatas 5.4)

Espera [Quote of day #016]

[Quote of day #016]

Tenho pensado muito sobre ESPERAR. Sempre que falo sobre isso, penso em algumas coisas, dentre ela a ESPERANÇA. O sentido positivo da espera é o objeto da sua espera, o alvo, a esperança de chegar lá. Entre esse chegar lá e o ainda não estar lá há um fator tão forte que chamamos de ANSIEDADE. A espera não concretizada gera uma ansiedade e há pelo menos dois tipos dela: uma comum, normal e outra que é neurótica.

A ansiedade comum é derivada de situações em que o objeto da espera que a gera é algo importante, mas que não abalaria nosso mundo inteiro se não acontecesse ou mesmo se acontecesse alguma coisa errada. Por exemplo: você fará uma prova e não sabe ainda do resultado porque não a fez, mas mesmo que a faça e não se dê bem, a ansiedade pelo resultado é frustrante, porém passa, porque ainda podemos fazer outra prova ou mesmo que não se possa, há sempre outras situações pela frente. A espera de um dia importante chegar, a espera de um resultado, a espera da chegada de alguém... Todas estas ansiedades são comuns e normais, não nos adoecem.

Continue Lendo

ImprimirEmail

Rascunho de uma solidão [Quote of day #014]

Quote of day #014

Diz-se que a solidão é a grande inspiração de todo artista, a matriz de todas as poesias e a alma dos gênios.

Não sei quanto disso é verdade, mas existe sempre em nós um rascunho de solidão e que quando as coisas da vida, do dia a dia, dos embates, das presenças ausentes se tornam reais, abrimos este rascunho. Para tentar editá-lo mais, fazer dele melhor, consertar algumas coisas, tentar colocar mais algumas ideias, uma imagem talvez...

Esse rascunho, porém, está sempre inacabado e é bom que esteja assim, pois sempre poderemos nos unir a ele, para reviver o que já produzimos e pensar em novas frases para serem colocadas ali.

Walt Whitman dizia que fora da poesia, nada do que é dito é substancial.

De certa forma concordo com ele, porém eu diria que isso é apenas um "sintoma", pois o que faz ser substancial qualquer palavra não é a forma como é escrita, mas sim o estado de espírito de quem exala palavras.

Continue Lendo

ImprimirEmail

Sentimentos explicáveis [Quote of day #017]

Quote of day #017

Quando crianças, situações, faltas, sentimentos, rejeições e tantas outras coisas acabam por nos formar como ser humano e quando adultos tomamos certas atitudes ou então sentimentos aparecem em nós, numa 'repetição típica de uma formação psíquica' que não conseguimos explicar, modificar ou mesmo nos 'livrar' de tais sentimentos.

Um deles, em mim, se mostra sempre em 'festas' que acontecem, principalmente em eventos ligados ao final do ano.

Um vazio vem, uma falta, fica um buraco dentro de mim que até certo tempo era pra mim inexplicável. Ficava pensando: porque todos gostam das festas, confraternizações de fim de ano, passagem de ano, comemorações de Natal e eu me sinto tão mal com tudo isso?

Semana passada 'veio' até mim um 'insight' que pude então 'revisitar' meu passado e entender várias coisas sobre isso. Os 'insights' não nos 'curam' ou mesmo modificam nosso sentimento para com o que enxergamos finalmente, agora com um olhar de adulto para uma situação complicadora quando éramos crianças, mas nos dá possibilidade de entendimento, de conhecimento e de saber o 'porque' de certas situações.

Continue Lendo

ImprimirEmail

Missão para a cidade

Missão para a cidade indica um dos principais destinos da igreja e seus participantes, pois "pela bênção dos justos a cidade é exaltada" (Pv 11:11). Não é pela bênção dos injustos. Se tem um povo que pode e deve abençoar a cidade, esse é o povo de Deus.  Isaías nos diz que Deus, após restaurar os seus juízes e seus conselheiros, desejava que a cidade fosse chamada de cidade de retidão, cidade fiel (Is 1:26). Isso só será possível se o povo de Deus assumir seu papel de transformar  a cidade para a glória de Deus – é sua a responsabilidade de abençoar a cidade.

Continue Lendo

ImprimirEmail

  • 1
  • 2

Clique na imagem para saber mais.

Clique na imagem para saber mais.

Clique na imagem para saber mais.

Clique na imagem para saber mais.

Principais áreas de atuação